Rafael Benevides bio photo

Rafael Benevides

In a serious relationship with Software Development

Email Twitter Facebook Google+ LinkedIn Instagram Github Last.fm Youtube

Hoje, após retornar das férias, fui cumprir o ritual de montar o ambiente (atualizado) no meu PC… E “baixa” eclipse 3.2.2 e “baixa” JBoss IDE 2.0 Beta e…. Cadê o Exadel Studio 4.0.3 (aquele free) ????!!! Como eu acho o Exadel uma baita ferramenta para desenvolvimento JSF, vamos então fazer o download do Exadel Studio Pro! Hummm, versão 4.0.4! Legal! Depois li o quê seria mais legal ainda Trial Period: Until this summer when it becomes open source!

Em seguida, recebo um e-mail do amigo João Paulo Viragine, contendo o anúncio de que ontem (04/03/2007), a Exadel anunciou planos de disponibilizar suas ferramentas comerciais como ferramentas opensource. E hoje, ao visitar a página do JBoss me deparo com o grande banner do Red Hat Developer Studio.

Um email do Gavin King cita vários benefícios que estarão chegando nas mãos dos desenvolvedores que utilizam o Framework JBoss SEAM:

  • A suite de componentes JSF da Exadel, chamados de RichFaces e o plugin Exadel Studio Pro serão lançados como open source como “Jboss RichFaces” e “Red Hat Developer Studio” sob as licenças LGPL e GPL respectivamente.O Ajax4JSF, que já é open source também será abrigado pelo projeto JBoss

  • A equipe atual da Exadel continuará desenvolvendo o RichFaces, RHDS e Ajax4JSF.

  • As funcionalidades existentes do JBoss IDE serão integradas com o Exadel Stuio Pro e serão mantidos pela atual equipe do JBoss IDE.

  • É previsto uma ênfase no suporte ao Seam e ao Hibernate. O objetivo é possuir um ambiente de desenvolvimento altamente produtivo e integrado comparável ao MS .Net

  • Os componentes JSF existentes no SEAM, serão migrados para o Ajax4JSF CDK (component development kit).

  • Uma vez que o “ecossistema” JSF é de importância cruscial para o SEAM, um trabalho com as equipes de outras suites de componentes (icefaces, trinidad, woodstock, etc) será realizado, para garantir ao SEAM uma perfeita integração com estes produtos.

  • Exadel and JBoss esperam fazer uma grande contribuição para a próxima revisão do JSF, esperada para o Java EE 6.

Agora é só aguardar… Acredito cada vez mais que o JBoss SEAM é a resposta que a comunidade Java busca para produtividade e escabilidade. Para um mundo onde “Tempo é dinheiro” é comum escutarmos “O Cliente não quer nem saber em qual tecnologia foi feita. Ele quer é um produto bonito e que o atenda!”. Com isto a comunidade Java que tem se assustado com o crescimento de outras linguagens que culpam o Java pela falta de produtividade (vejam que ninguém culpa o Java pela falta de escalabilidade. Isto está mais que comprovado) poderá continuar oferecendo soluções rápidas e ao mesmo tempo robustas a seus clientes!